Como manter a saúde mental cuidando de um idoso doente?

Sabemos que cuidar de uma pessoa doente não é nada fácil. Ainda mais quando é alguém da família que você ama tanto. Mas para cuidar, você precisa estar bem, e para isso precisa estar com a saúde mental em dia. Por isso separamos algumas dicas valiosas de como manter a saúde mental enquanto cuida de um idoso doente. Boa leitura!

 

  1. Não tenha medo de pedir ajuda!

Essa é uma das principais dicas. Nosso senso de dever com o outro acaba nos levando ao extremo. Colocamos na cabeça que aquela pessoa já cuidou de nós, então temos que retribuir o favor porque a amamos, mas não é bem assim. Tá tudo bem pedir ajuda! De verdade. Isso não significa que você ama menos o seu familiar, e sim que você é um ser humano como qualquer outro. Isso vale tanto para ajudas básicas da casa, como contratar um cuidador para cuidar do idoso. Saiba pedir ajuda.

 

  1. Tenha uma rede de apoio

Ter pessoas de confiança com quem você possa conversar, pedir ajuda quando necessário é extremamente importante. Ter aquele ombro amigo é fundamental para a saúde mental. Se dê um tempo para conversar, sair com as pessoas que lhe faz bem, desabafar e até mesmo chorar. Isso é extremamente importante.

 

  1. Pratique exercícios físicos

Pode parecer bobeira, mas os exercícios físicos ajudam a fortalecer tanto o corpo quanto a mente. Mesmo que sejam 30 minutos de caminhada por dia, já é o suficiente para produzir serotonina, fortalecer a sua imunidade a sua saúde como um todo. Tire esses momentos para você e verá a diferença.

 

  1. Durma!

Sim! Durma! Tenha um sono de qualidade. Para isso evite consumir cafeína até 8h antes de dormir, desligue as telas 30 minutos antes de se deitar e mantenha uma rotina de sono de pelo menos 8h dormidas por dia. Quando nossa rotina de sono não está boa, nada fica. Por isso priorize o seu tempo de dormir.

  1. Procure ajuda profissional

Já se foi o tempo que procurar terapia era algo negativo! A terapia pode te ajudar com assuntos que você não quer conversar com qualquer pessoa. É extremamente importante ter o acompanhamento de um psicólogo quando está passando por algo tão delicado. Lembre-se, cuidando de você, você estará cuidando de seu familiar.

 

E se em algum momento você precisar de ajuda de um Residencial Sênior, estamos aqui para te amparar. Nos orgulhamos de nosso cuidado profissional e humanizado. Cuidamos para que você possa voltar a ser filho e não cuidador. Nos acompanhe em nossas redes sociais para conhecer mais.

 

Compartilhe este artigo

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email