Cuidar de quem cuida: como zelar pelo cuidador familiar?

Cuidar de alguém é uma ação que demanda muito amor e dedicação. Muitas vezes, quando o idoso passa a precisar de um olhar mais próximo, um familiar se disponibiliza e toma a frente desse cuidado. Para essas pessoas damos o nome de Cuidador Familiar e assim como todos os profissionais do cuidado, ele merece uma atenção especial quanto a sua própria saúde física e mental.

Para ajudar a você, Cuidador Familiar, listamos ações que são muito importantes para que possa continuar zelando pelo seu idoso enquanto cuida de si mesmo.

TUDO BEM PEDIR AJUDA

Muitas vezes o familiar sente que deve dar conta de tudo, de que esse é o seu dever. Geralmente as funções se acumulam e existe uma sobrecarga sobre essa pessoa. Pedir ajuda não parece justo, afinal você se comprometeu a cuidar.

Mas lembre-se, como todo ser humano temos os nossos limites e é muito importante saber quais eles são. Pedir ajuda não quer dizer fracasso ou fraqueza. A ajuda chega para te deixar mais forte e fazer com que consiga dar conta de suas funções sem sobrecarga física e emocional!

ESCUTE O SEU CORPO

É muito comum ao cuidador familiar começar a ignorar os sintomas de cansaço físico e emocional e ele acaba ultrapassando os seus limites em nome da dedicação. Esses sintomas não devem ser negligenciados, afinal, você só poderá cuidar com excelência de alguém se você também estiver bem e saudável.

Sintomas que não podem ser ignorados: ansiedade, problemas para dormir, esgotamento físico e mental, baixa resistência imunológica, dores de cabeça constantes.

NÃO SE ESQUEÇA, VOCÊ TAMBÉM É HUMANO!

Muitas vezes o empenho do cuidador é tão grande com relação ao cuidado do outro que acaba esquecendo de si mesmo, de seus limites e de suas necessidades. Muitas vezes o relaxar vem acompanhado de uma sensação de culpa e isso não permite com que você continue vivendo sua vida.

Lembre-se que você também é um ser humano e assim como o ente querido que está sendo cuidado, você precisa suprir as suas próprias necessidades. Nunca se esqueça delas!

 

Cuidar do parente? Contratar um cuidador de idosos profissional? Hospedar em um Residencial Sênior? Para descobrir o que é melhor para a sua família Clique aqui e leia o nosso post!

Conheça mais do nosso dia a dia nas Redes Sociais

Instagram

Facebook

Compartilhe este artigo

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email