Meu familiar idoso caiu, e agora?

Queda é o acidente doméstico mais comum entre os idosos. Isso porque o corpo vai ficando debilitado conforme o passar dos anos, e qualquer passo em falso leva a queda. Tão importante quanto previr a queda, é saber o que fazer quando ela acontecer. E é isso que queremos te ensinar aqui.

 

A primeira coisa a fazer após a queda do seu familiar idoso é verificar se ele está consciente e perguntar se está com dor em algum lugar. Também verifique se há algum machucado ou sangramento visível.

 

Após isso verifique se o idoso está com alguma fratura. Você saberá se ele não conseguir se mexer, ou sentir uma dor muito forte em algum lugar do corpo, ambos os casos podem ser sinal de fratura.

 

Não o movimente! Deixe-o em uma posição reta e confortável. E caso seja necessário levar ao médico, tente leva-lo em uma posição imóvel, ou chame a ambulância para fazer.

 

Se ele conseguir se mexer, não estiver com uma dor forte e não parecer que houve alguma fratura, lentamente ajude-o a sentar e deixe-o assim por alguns minutos até que ele se recupere do trauma. É importante continuar conversando e analisando se surgirá algum hematoma.

 

Em qualquer caso de queda é necessário que procure um médico geriatra em breve, para verificar se realmente não há nada de errado com o corpo.

 

Aqui em nossos residenciais nós usamos a tecnologia ao nosso favor, com o monitoramento 24h, alerta de queda, ambientes adaptados e profissionais capacitados para qualquer emergência.

 

Se quiser conhecer um pouco mais de nosso dia a dia, nos siga em nossas redes sociais.

Compartilhe este artigo

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email